sexta-feira, 3 de junho de 2011

Silêncio.

8 comentários:

M.F. disse...

Que coisa bonita. Fazia tempo que não passava aqui... lerei tudo o que perdi! Beijos, sumida.

Ana SS disse...

Mudo que muda. Mundo que mudo.

Tamires Costa disse...

Gostei muito do teu blog e das singelezas das tuas palavras. :}

Catia Bosso disse...

Que manobra de palavras... M A R A V I L H A !


BJ.

Catita

Lívia Azzi disse...

UAU, Carina!!

Intensa e profunda essa construção poética que nos remete ao desenho de uma areia do tempo: quanto se pode suportar do indizível escorrendo dos sentidos?!

Um beijo.

Andressa disse...

Leminska.

JasonJr. disse...

... :D ...

Rui Pascoal disse...

Ainda estou aqui... a ouvir-te.
:)

Postar um comentário